Pai não aceita o filho gay de 14 anos:‘Muda ou eu te m4t0’

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Jolie 07/05/2021 Relatar Quero comentar

Inúmeras coisas estão acontecendo no mundo. A nossa responsabilidade é oferecer as notícias mais recentes e úteis.

Mesmo que o grupo de LGBT tenha conseguido um maior aceitação na sociedade. Ainda há pais que não conseguem o aceitar.

Recentemente, um áudio foi denunciado à polícia.

Na gravação, é possível ouvir o menino ap4nhando enquanto o homem o ame4ça, em Jataí.

Ele foi levado a delegacia e negou que o motivo da agressão seja a orientação sexual do filho.

O homem é suspeito de b4ter no filho, de 14 anos, por ele ser homossexual, em Jataí, no sudoeste goiano.

Ele foi levado a uma delegacia após o adolescente denunciar a situação, por meio de uma carta, a vizinhos, os quais gravaram o momento em que o homem b4te no filho e enviaram o áudio à Polícia Civil.

Na gravação, é possível ouvir o menino apanhando enquanto o homem o ame4ça.

"Eu estou cansado de te falar. Eu já não falei para você mudar? Você tem que mudar, você sabe por quê? Porque se você não mudar ,eu te m4t0,", diz o homem na gravação.

A polícia foi até a residência da família e observaram marcas espalhadas pelo corpo do adolescente.

A mãe, que também mora junto, confirmou a vi0lência e aparentemente concordou com o marido, afirmando que estava ciente das agressões, porque o menino "tem tendência à homossexualidade".

O caso pode ir além. A Delegada, Paula, explicou que ainda é muito cedo para confirmar se o ato pode se enquadrar como conduta homofóbica ou racista, de acordo com o código penal.

Mas, o suspeito será obrigado a assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e logo em seguida, liberado.

Este site fornece o conteúdo e as informações mais úteis para todos os usuários do site.

As notícias mais recentes e mais interessantes Também podem ser encontrados naqui.

Se goste a nossa site, preste atenção ao nosso site, fornecerem os informações mais valiosas.

Comentário do usuário