Mulher finge que tem câncer para arrecadar dinheiro e pagar o casamento dos seus sonhos.

Notícias Toda Hora 27/12/2020 Relatar Quero comentar

Não há nada mais terrível para alguém do que receber a notícia de que a saúde de seus entes queridos está em grande perigo.

A luta contra o câncer é especialmente difícil para os pacientes e, como se isso não fosse o suficiente, também tem um enorme impacto econômico.

Toni Standen é uma mulher de 29 anos que acompanhou o pai durante o tratamento contra o câncer. Para surpresa de todos, alguns meses depois, ela deu a notícia de que também estava sofrendo da mesma doença do pai.

Toni começou a arrecadar fundos para pagar seu tratamento. Além disso, ela anunciou que queria realizar seu sonho tão esperado de ter um grande casamento o mais rápido possível para que seu pai a levasse até o altar.Seus amigos a apoiaram em todos os momentos e um deles até se ofereceu para arrecadar fundos através do GoFundMe.

“Não tínhamos muito, mas todos queríamos ajudá-los”, disse sua amiga Cheryl Aston.Tudo começou em julho de 2017. Meses depois, Toni cortou o cabelo e afirmou que era resultado da quimioterapia que estava recebendo. Em março de 2019, ela informou a todos que o câncer havia se espalhado por todo o corpo.“Ela me disse que tinha câncer e que não sabia se iria sobreviver. Eu acreditei nela. Ela merece um Oscar”, disse Cheryl.Por meio de doações, conseguiu arrecadar mais de 11 mil dólares e graças a isso pagou tudo o que precisava para realizar o casamento dos seus sonhos com seu companheiro, Tiago. Seu pai, que na verdade sofria de câncer; ele havia perdido a vida e não poderia estar na cerimônia.

Foi justamente no dia do casamento que muitas de suas amigas começaram a suspeitar que algo não estava certo. A família reproduziu um vídeo que Derek, o pai de Toni, havia gravado pouco antes de sair para parabenizá-la pelo grande dia.

Todo mundo estava completamente em lágrimas, mas Toni não parecia muito afetada e brincava sem parar com todos os convidados. Em abril de 2020, ela entrou em contato com seus amigos novamente para dizer-lhes que tinha coronavírus e eles decidiram confrontá-la.“Nós ligamos para ela e gravamos tudo. Perguntamos a ele diretamente: 'Você realmente tem câncer?'. Ela começou a chorar e admitiu que era tudo mentira. Desligamos e fomos imediatamente à polícia”, disse um de seus amigos.Esperamos que as investigações cheguem ao fundo da questão e que a justiça faça o seu trabalho. Toni já se declarou culpada, mas ainda não recebeu a sentença.

A luta contra o câncer é uma coisa muito delicada e não uma desculpa para fingir e ganhar dinheiro. É difícil acreditar que ela tenha agido de forma tão cruel depois de ter experimentado em primeira mão o quanto uma pessoa sofre com esta doença.

Comentário do usuário
Você pode gostar